» »Unlabelled » VIVA!!!!!!!! COCHABAMABA ... 202 AÑOS.


Cochabamba celebra 202 anos

Por: Da Redação - São Paulo, 10 de setembro de 2012


 Fundada em 1574, e libertada em 14 de setembro de1810, este ano Do ponto de vista histórico 


Cochabamba completa 202 anos. A cidade está situada em meio à cordilheira dos Andes com em meio a uma paisagem formada por lagos e montanhas.

Cochabamba, guarda muito sobre a Bolívia. Foi lá que a boliviana Manuela Gandarillas liderou um grupo de mulheres na colina Coronilla, em 27 de maio de 1812. O motivo da união das mulheres, era enfrentar as tropas espanholas - desoladas ao verem seus esposos, irmãos e pais serem mortos não fugiram à luta, e resistiram bravamente aos ataques do general Manuel Goyeneche que visavam o impedimento do processo de Independência da Bolívia.
Sobre o turismo a cidade também não fica atrás. O Cristo da Concórdia é o maior monumento de Jesus Cristo do Mundo e foi inaugurado em 1994. Sob um pedestal de 6,24 metros, a estátua de 34,20 metros de altura é a terceira maior do hemisfério sul, perdendo apenas para a Virgen de la Paz na Venezuela e para a estátua de Santa Rita de Cássia no Brasil.
Mais recentemente, Cochabamba tornou-se destino de muitos brasileiros, que em busca de qualificação acadêmica escolhem a Bolívia. 
A cidade também se caracteriza pela a arquitetura colonial encontrada, por exemplo, na Praça 14 de Setembro, onde também fica a prefeitura da cidade e a catedral metropolitana. Além da Cancha. Complexo de feiras que vende os mais diversos produtos. Desde pães, comidas e frutas a sapatos, eletrodomésticos e carros. 
Em comemoração ao aniversário da cidade, o Bolívia Cultural selecionou algumas reportagens sobre pontos e curiosidades de Cochabamba e matérias relacionadas, confira:
José Edgar Alvarado Saavedra, músico, militante e cochabambino 
Depois dos pacenhos, os cochabambinos são os que mais migram para o Brasil, mais especificamente para São Paulo. Edgar Alvarado Saavedra, 73 anos, Natural de Quillacollo é um deles. José Edgar possui uma história muito particular. Além de ter fundado a primeira diablada que participou da festa da Virgem de Urkupíña, a Tomas Bata, nos anos 1950. Continue lendo.

Cônsul da Bolívia em São Paulo saúda cochabambinos pelo aniversário de 202 anos da cidade
No dia 14 e setembro é celebrado o aniversário de Cochabamba. Depois de La Paz, é a cidade de boa parte dos imigrantes residentes no Brasil. Jaime Valdivia Almanza, cônsul geral da Bolívia em São Paulo, e também cochabambino, mandou uma mensagem a seus conterrâneos em entrevista ao Bolívia Cultural. Continue lendo.

Estudantes brasileiros escolhem cidade de Cochabamba
Graças ao baixo custo de vida e a facilidade econômica de ingresso em universidades, a Bolívia tem se tornado o destino de muitos jovens brasileiros que buscam iniciar a vida acadêmica, principalmente nos cursos de medicina. Segundo dados da CAINDR  (Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional)  existem 15 mil brasileiros estudando na Bolívia. Continue lendo.

El Cristo de la Concórdia, um dos maiores monumentos do mundo
O Bolívia Cultural foi visitar um dos principais pontos turísticos da cidade de Cochabamba, El Cristo de la Concórdia que é considerada a maior imagem de Jesus Cristo do mundo. O monumento projetado por César and Wálter Terrazas Pardo começou a ser erguido em 1987, mas as obras só foram concluídas após seis anos, em 1994. Continue lendo.
Em Cochabamba, humorista do Fico's Show fala ao Bolívia Cultural
Ronald Federico Ávila Rivera, mais conhecido como Fico Avila dedica a maior parte de seu tempo livre a seus dois filhos Sebastián (17) e Matías (13). Fora dos palcos, o ator interpreta outro personagem, “Tudo tem a sua hora. Algumas pessoas ficam intrigadas quando me conhecem, porque pensam que eu faço piadas o tempo todo, e eu não sou assim”, comenta.Continue lendo.
A arte do bordado boliviano, de Cochabamba para o mundo
Pelas ruas da cidade de Cochabamba na Bolívia é comum encontrar oficinas de bordados. Elas também são típicas das cidades de Oruro e La Paz. Daniel Mamani, um bordador que vive em Cochabamba, pausadamente contou para o Bolívia Cultural que trabalha com este ofício na cidade há mais de 12 anos. Torcedor fanático do time de futebol San José, ele começou ainda muito jovem como empregado em Oruro. Continue lendo.
Heroínas de la Coronilla, o significado do Dia das Mães na Bolívia
O Dia das Mães é comemorado mundialmente, e cada país traz na comemoração desta data, sua peculiaridade e seus aspectos históricos que rememoram momentos importantes da nação; como não poderia deixar de ser a causa da data, foi instituída na Bolívia por uma mulher. Continue lendo.

Bolivianos celebram o dia da Virgem de Urkupiña
Entre outros motivos, o povo boliviano é conhecido por sua religiosidade. E uma das deidades divinas que rege esta fé é a Virgem de Urkupiña, padroeira de Cochabamba, celebrada no dia 15 de agosto. As comemorações em torno dela não acontecem apenas em território boliviano. No Brasil, praticamente segunda terra de muitos destes latinos, algumas são as comemorações em cidades que recebem maior número de imigrantes bolivianos.Continue lendo.

 

Crianças indígenas conhecem capital cochabambina

Entre as atrações turísticas da cidade de Cochabamba, destaca-se o Cristo da Concórdia. Radiante e alvo, ele contempla, do alto da colina, a cidade de Cochala. Sob o sol do meio dia, aos pés do monumento, muitas pessoas se admiram pela beleza do Cristo e da paisagem que brinda a natureza. Neste ambiente inigualável, com vista da cidade em toda sua plenitude, havia um grupo de crianças, que pelas roupas e olhares atentos ao novo, pareciam ser do interior da cidade. Continue lendo.  

 

Mochileiros relatam suas viagens à cidade de Cochabamba

Em ocasião da comemoração do aniversário de 202 anos da cidade Cochabamba, celebrado no dia 14 de setembro, o Bolívia Cultural selecionou relatos de mochilerios que visitaram a cidade de Cochabamba. Os relatos são diversificados e expressam diferentes pontos de vista sobre um mesmo local ou assunto, até mesmo porque cada mochilerio tem a sua perspectiva e visão de mundo. Continue lendo. 

 


Presidente da filial Caporales San Simón no Brasil, fala sobre participação no carnaval de Oruro 
Filial criada em 2007, com a matriz em Cochabamba, o Caporales San Simón traz ao Brasil um pedaço da cultura boliviana por meio da dança folclórica caporal. Constituído em sua maioria por jovens bolivianos e filhos de bolivianos, a fraternidade foi à cidade de Oruro na Bolívia para participar de uma das festas mais representativas da Bolívia, o carnaval. Continue lendo.


Pique a lo Macho e Silpancho, os sabores de Cochabamba
A Bolívia é um lugar que guarda muitos sabores peculiares, cada  departamento tem seus pratos que revelam um pouco das tradições de cada lugar. Comemorando o dia 14 de setembro, que é quando a cidade completa 202 anos, é importante relembrar os sabores de Cochabamba. Um dos pratos típicos da região é o pique a lo macho feito com carne e batata frita, ovo cozido, pimentão e especiarias. Continue lendo. 



Fonte: 
Bolívia Cultural

Si Te Gusto Compártelo Con Tus Amigos


Autor: Jaime Mamani Mendoza

Bienvenidos(as), Mi Nombre es Jaime Mamani Mendoza, Nacido en La Paz Bolivia, Autor de varios Blog, voy camino Hacia mi Libertad Financiera, en mi Blog encontraras Informacion de Finanzas Personales, Educacion Financiera, Inversiones, Negocios por Internet y Otros.
«
Next
Entrada más reciente
»
Previous
Entrada antigua

No hay comentarios:

Leave a Reply

Por Favor Deje su comentario, duda o consulta....