» »Unlabelled » EN SAN PABLO ... PRESTES yJUNTO A LA COMUNIDAD BOLIVIANA ... CELEBRAN LA FIESTA DE URKUPIÑA.


Missa em homenagem a Virgem de Urkupiña, símbolo da união religiosa e cultural da Bolívia

Por: Da Redação - São Paulo, 11 de agosto de 2012

Na tarde deste sábado (11) foi celebrada missa em homenagem à Virgem de Urkupiña, símbolo da união religiosa e cultural da Bolívia. O local escolhido pela organização foi a igreja de Nossa Senhora da Paz, no bairro do Glicério, tradicional ponto de encontros religiosos dos imigrantes latino-americanos na capital paulista.



 




















A celebração foi dirigida pelo Pe. Mario Geremia que há 7 anos é o articulador junto à Associação Cultural Folclórica Bolívia Brasil (ACFBB) das principais expressões culturais religiosas da comunidade boliviana na cidade.
 
A missa foi animada pelo grupo musical boliviano Hiru Hicho, que veio ao Brasil especiamente para este evento religioso. “Somos um grupo musical que foi criado na raiz da música folclórica boliviana e hoje em dia acompanhamos os bolivianos por todo o mundo”, diz em entrevista ao Bolívia Cultural, o diretor do grupo, Roger Sória. 
Geremia refletiu no sermão a importância do trabalho e união dos bolivianos em território brasileiro, já que com este trabalho conseguimos todos os envolvidos na festa de independência da Bolívia no memorial da América Latina, um verdadeiro show de organização e calor cultural. “Sejamos unidos assim como a virgem de Urkupiña une os bolivianos na Bolívia, continue unindo os bolivianos fora das suas fronteiras no mundo todo”, finalizou no ponto mais alto da cerimonia religiosa.

 
Roger Sória diretor do grupo folcórico Hiru Hicho da Bolívia, fala ao Bolívia Cultural.

Os pasantes da Virgem de Urkupiña deste ano, Sr. Juan Carlo Villa Soto e esposa Elisabeth de Soto, comentaram a felicidade e responsabilidade do casal nesta empreitada religiosa, “Todo sacrifício é pouco quando se trata da nossa virgencita”, diz Juan Carlos em entrevista ao BC.

Finalizada a cerimônia religiosa as imagens das virgens de Urkupiña e Copacabana, foram expostas no pátio da igreja, onde as distintas fraternidades bolivianas dançaram para as virgens, acompanhadas do ritmo da banda que entonava principalmente os acordes da Morenada (ritmo musical boliviano). O ritmo mudou com a entrada do Grupo Folclórico Kantuta Bolivia, que com a dança dos caporales fez tremer o chão do Glicério.

 

Os passantes da Virgem de Urkupiña, Sr. Juan Carlo Villa Soto e esposa Elisabeth de Soto,
falaram ao Bolívia Cultural.
Fonte: 
Bolívia Cultural

Si Te Gusto Compártelo Con Tus Amigos


Autor: Jaime Mamani Mendoza

Bienvenidos(as), Mi Nombre es Jaime Mamani Mendoza, Nacido en La Paz Bolivia, Autor de varios Blog, voy camino Hacia mi Libertad Financiera, en mi Blog encontraras Informacion de Finanzas Personales, Educacion Financiera, Inversiones, Negocios por Internet y Otros.
«
Next
Entrada más reciente
»
Previous
Entrada antigua

No hay comentarios:

Leave a Reply

Por Favor Deje su comentario, duda o consulta....