» »Unlabelled » VISION MUNDIAL .. SOBRE TRAFICO DE PERSONAS


Visión Mundial alerta para risco de sobreviventes do tráfico serem novamente vítimas do crime

Karol Assunção *


Adital -
"Um de cada cinco sobreviventes do tráfico humano torna-se vítima pela segunda vez". Isso é o que afirma Visión Mundial de México em comunicado divulgado na quarta-feira (23). Estigmatização da comunidade, dificuldade de integração social e falta de autoestima são alguns fatores que podem levar as vítimas a serem novamente reféns do tráfico.
Simplesmente voltar ao local de origem, sem atenção médica, psicológica e legal, não é garantia de que a vítima está a salvo dos traficantes. Análises de estudos sobre o tema e uma pesquisa realizada pela organização em Camboja chamaram atenção para o fato de que uma vítima de tráfico pode, sim, tornar-se novamente alvo de traficantes.
Isso porque muitas pessoas que são traficadas e conseguem voltar a sua comunidade têm dificuldades de se reintegrar ao local de origem e sofrem preconceito. Além disso, em diversas ocasiões, o motivo que levou as vítimas a saírem da comunidade ainda está presente no local, como o sentimento de responsabilidade pelo bem-estar dos familiares.
"O fato de ter sido traficado também cria novas vulnerabilidades - estigmatização de parte da comunidade, depressão, falta de autoestima ou aumento de ansiedade e medo. Estes sentimentos podem dificultar a inserção e aumentar o risco de voltar a ser traficado, especialmente dentro dos primeiros anos posteriores ao incidente original de tráfico", destaca Visión Mundial de México.
De acordo com a organização, mesmo após o retorno à comunidade, alguns traficantes mantêm contato com suas vítimas e os familiares delas. Dessa forma, acabam tomando conhecimento das dificuldades encontradas por elas e utilizam isso para novamente explorá-las.
Os traficantes também se aproveitam da discriminação sofrida por pessoas traficadas para bordeis para, assim, separá-las dos familiares. "É por esta razão que existem tantos refúgios de ONGs para meninas e mulheres que foram traficadas para bordeis. Alguns programas de reabilitação duram até dois anos empenhados em proporcionar às residentes ferramentas valiosas para a vida, confiança e capacitação para enfrentar o futuro sem ficarem amarradas no passado", comenta.
As dificuldades não são apenas na reintegração à comunidade, mas também jurídicas. Poucos especialistas na temática, advogados e tradutores limitados, e a corrupção no âmbito judicial são alguns problemas encontrados pelas vítimas que buscam a justiça.
Visión Mundial de México ainda chama atenção para o papel dos Estados no combate e na prevenção ao tráfico de pessoas. Segundo a organização, não basta apenas resgatar a vítima e encaminhá-la de volta a sua comunidade. É preciso dar assistência, como atenção médica, apoio legal e capacitação profissional. "Muitas vítimas do tráfico de pessoas voltam a seus lares sem a ajuda dos serviços de reabilitação social e é possível que estes episódios nunca sejam documentados", denuncia.
Por conta disso, Visión Mundial acredita que é necessário que os governos aumentem os recursos destinados aos serviços sociais para as pessoas traficadas a fim de que as sobreviventes não sejam processadas nem repatriadas à força. Da mesma forma, considera importante que as identidades das sobreviventes sejam protegidas e que, antes de enviarem as vítimas de volta para casa, as organizações responsáveis certifiquem-se de que essa é a vontade delas.
Para mais informações, consulte: www.visionmundial.org.mx

Si Te Gusto Compártelo Con Tus Amigos


Autor: Jaime Mamani Mendoza

Bienvenidos(as), Mi Nombre es Jaime Mamani Mendoza, Nacido en La Paz Bolivia, Autor de varios Blog, voy camino Hacia mi Libertad Financiera, en mi Blog encontraras Informacion de Finanzas Personales, Educacion Financiera, Inversiones, Negocios por Internet y Otros.
«
Next
Entrada más reciente
»
Previous
Entrada antigua

No hay comentarios:

Leave a Reply

Por Favor Deje su comentario, duda o consulta....